Bebê


Como trocar as fraldas?

Assim como a alimentação, trocar as fraldas do bebê é função dos pais, embora, às vezes, pareça uma obrigação interminável. Com um bom conhecimento dos princípios básicos da troca de fraldas, você manterá seu bebê seco e confortável sem nenhum problema.

A troca de fraldas tem a ver com bom senso e higiene.
O objetivo deve ser o de manter o bebê o mais seco e confortável possível.
O que vamos precisar?
- Uma fralda limpa;
- Pomada para assaduras ;
- Um tecido macio e um recipiente com água morna ou lenços umedecidos.

Lembre-se: nunca deixe seu bebê sozinho. Os recém-nascidos também podem se mexer e se machucar.

Primeiro, tire a fralda suja. Se só estiver molhada, você pode limpar o bumbum do bebê com um lenço ou água morna e colocar a fralda limpa imediatamente.

Se o bebê fez cocô, limpe seu bumbum com um lenço umedecido ou água morna, secando-o delicadamente. Não é preciso usar sabonete a menos que ele tenha diarréia e você não consiga limpá-lo apenas com água. Se necessário, use sabão específico para bebês.

Depois, aplique a pomada para assaduras e coloque uma fralda limpa. O talco, não impede nem trata das assaduras e se inalado pode fazer mal.

Conforme o bebê se desenvolve, ele vai brincar e se mexer durante a troca de fraldas, é bom ter alguns brinquedos por perto para distraí-lo.

Como trocar fraldas de meninas?

-Limpe de cima para baixo, evitando que as fezes entrem em contado com o órgão genital.
-É normal se houver uma pequena secreção ou até mesmo sangue nos primeiros dias. Isso é apenas um sinal de que sua filha está se adaptando às mudanças hormonais que acontecem depois do nascimento.

E os meninos como troco as fraldas?

- Limpe de cima para baixo.
- Se seu filho não é circuncidado, não puxe o prepúcio para baixo para limpar. Com o tempo, ele se solta sozinho e, aos três anos, fica totalmente retrátil.
- Mães experientes sugerem que você cubra o pênis do bebê com uma fralda ou paninho enquanto ele estiver sendo trocado para evitar um banho surpresa!

Driblando as assaduras

Todos os bebês usam fraldas. Logo, todos são suscetíveis a assaduras. Se há vermelhidão ou inchaço ao redor da área da fralda, é sinal de que seu bebê está com um dos diferentes tipos de assadura.
O que causa a assadura? Vários fatores:

- Urina em contato com a pele.
- As enzimas intestinais no cocô.
- Amônia gerada na combinação de xixi e cocô.
- Fraldas duras ou irritação causada pelo atrito da fralda sobre a pele.

Felizmente, há várias formas de impedir as assaduras.
Veja as mais comuns:

- Troque as fraldas com freqüência.
- Use fraldas descartáveis superabsorventes.
- Espalhe uma fina camada de pomada para assaduras sobre o bumbum do bebê para protegê-lo ainda mais contra umidade. Há fraldas que contém ingredientes próprios para combater assaduras. Todos os dias, deixe seu bebê ficar sem fralda por um tempo. O ar ajuda a manter a pele seca e ele irá amar a liberdade temporária.

Quando trocar?

Você é a melhor pessoa para saber a hora de trocar a fralda. Geralmente, os recém-nascidos são trocados cerca de dez vezes, num período de 24 horas. Isso parece muito, mas lembre-se de que muitas fraldas molhadas indicam que seu bebê come bem e processa normalmente o alimento. Se você optar pelas fraldas de pano, é importante que ele seja trocado com maior freqüência. Fraldas de pano não são tão absorventes quanto as descartáveis.

Quando seu bebê crescer, você terá que trocá-lo menos vezes, embora as seguintes trocas permaneçam inalteradas: pela manhã, ao levantar; antes ou depois de comer, das sonecas ou dormir. Lembre-se, contudo, que uma fralda seca significa bebê sem assaduras.

A troca do xixi

Os bebês não fazem xixi de maneira programada. Os músculos da bexiga de um recém-nascido são imaturos e não conseguem reter a urina. Eles podem molhar a fralda de hora em hora ou apenas quatro vezes ao dia. Saiba que isso é normal e se aplica, inclusive, para bebês maiores. Em geral, o bebê molha cerca de seis fraldas ao dia. Podem ser quatro a seis descartáveis ou seis a oito de pano.
Nos primeiros dias após o nascimento, a urina do bebê é bem clara e se torna progressivamente amarelo-forte à medida que fica mais concentrada. Você também pode encontrar uma mancha rosada na fralda de seu bebê. Provavelmente seja urina concentrada e, desde que o bebê molhe quatro ou mais fraldas por dia, não há com o que se preocupar. Porém, se essas manchas persistirem por alguns dias ou se houver sangue na urina ou fezes, ligue imediatamente para o médico.

A troca do cocô

O primeiro movimento intestinal de seu bebê será uma substância espessa, de aspecto verde-escuro ou preto, conhecida como mecônio que, antes do nascimento, preenchia os intestinos. Depois que seu bebê expelir essa substância, começa a digestão normal e o cocô se torna mais leve e mais claro.
A consistência e a cor das fezes do bebê refletem o tipo de comida que ingeriu. Bebês que mamam no peito têm fezes pastosas semelhantes à mostarda. Os que tomam fórmula têm fezes mais firmes, de cor marrom ou amarela. A cor e consistência das fezes dos bebês mais velhos dependem do que comem.

Com que freqüência um bebê faz cocô? Alguns fazem toda vez que são alimentados. Outros, principalmente os que mamam no peito, podem fazer apenas uma vez por semana. Converse com o pediatra se seu bebê faz cocô muito duro ou seco, se há sangue, muco ou água nas fezes.

Como as fazes dos recém-nascidos são geralmente um pouco pastosas, é difícil dizer se ele está com diarréia. Já que você é a pessoa que mais conhece os padrões dos movimentos intestinais do seu bebê, observe se há um aumento repentino na freqüência dos movimentos intestinais ou se as fezes estão mais pastosas e diferentes do habitual.

 

 

 

 
 
 
 
 


Apoio

Seja Nosso Colaborador

Quer ser colaborador de nosso portal?
Garanta a qualidade nas informações aqui publicadas.

Saiba mais

Anúncie Aqui !!!

Quer ser nosso parceiro e anunciar em nosso portal?

Saiba mais

Bebê na internet

Siga-nos !!!